Ainda dá tempo?

Imagem | Crédito: Letra.

Especialista dá dicas para quem ainda não
montou o planejamento de marketing

 

Criar metas, objetivos e estabelecer uma organização de campanhas e públicos são algumas das características de um planejamento de marketing bem estruturado. Mas alguns empreendedores acabam deixando essa tarefa para depois devido a correria do dia-a-dia.

Quando se fala em marketing, muito se pensa, antigamente, por exemplo, imaginava-se que está relacionado à mídia, publicidade, propaganda e tudo que envolve promoção. “Precisamos entender que o marketing vai muito além da comunicação e do digital sendo que várias ferramentas são apenas canais de comunicação e/ou vendas e não o conceito todo”, revela o especialista em Soluções de Marketing Luciano Auto.

Observa-se que hoje, muitas empresas têm um fraco desempenho por perderem o contato com a forma mais profunda de marketing. “Com tanta informação, os empresários ficam perdidos e acabam não atingindo o objetivo por usar o marketing de forma equivocada e não planejarem corretamente”, afirma Luciano Auto.

O plano de marketing funciona como  guia tático e estratégico da empresa. “Você detalha todas as ações a serem implementadas em seus respectivos prazos e quais agentes serão responsáveis por cada etapa. Além de estabelecer um cronograma completo de atividades, ele também tem o papel de entregar resultados”, explica.

Dicas

Luciano separou as etapas principais  para a elaboração do plano de marketing.  Veja:

  1. Planejamento

Coloque todas propostas no papel, após uma análise da situação atual. Procurar estabelecer  quais são as forças e fraquezas do negócio, assim como oportunidades e ameaças, também é fundamental para que estratégias mais acertadas possam ser traçadas.

  1. Implementação

Um plano de marketing não deve se restringir a um documento com várias páginas  e sem nenhuma aplicação prática. Após o planejamento, vem a fase de implementação, que nada mais é do que tirar do papel, com organização e controle, todas as ideias levantadas no estágio anterior e realizar eventuais correções de rumo.

  1. Avaliação

A avaliação é apontada como a última etapa do plano de marketing, mas, na verdade, ela está presente durante todo o processo. A análise das metodologias e dos resultados deve ser periódica para que os problemas tenham respostas rápidas, antes de tomarem uma proporção maior. A alternativa é utilizar instrumentos de marketing mensuráveis, eles apontam se as estratégias utilizadas estão atingindo os objetivos esperados.

O Plano de Marketing deve se adaptar  de acordo com o andamento da estratégia e as reações e mudanças do mercado. “O plano deve se adaptar para gerar mais resultados. Para isso, defina as rotinas de avaliação e controle”, finaliza.

 

Fonte: Luciano Auto – Administrador com Mestrado em Comportamento do Consumidor hoje atuando como Especialista em Soluções de Marketing, Mentor e Palestrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *